Trump rejeita acusações de livro e se descreve como "gênio estável"

Mark Potter

Em Londres

  • Jim Watson/AFP Photo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, descreveu-se no sábado como um "gênio muito estável", após a publicação de um livro altamente crítico que questionou sua capacidade para o cargo.

"Na verdade, ao longo da minha vida, meus dois maiores recursos foram a estabilidade mental e ser... realmente inteligente", disse Trump no Twitter.

Henry Holt and Company via AFP

"Eu fui de um homem de negócios MUITO bem-sucedido para estrela da TV... (e) para presidente dos Estados Unidos (na minha primeira tentativa). Eu acho que seria qualificado não como inteligente, mas gênio... e um gênio muito estável nisso!"

O livro de Michael Wolff, "Fire and Fury: Inside the Trump White House" ("Fogo e Fúria: Dentro da Casa Branca Trump") se tornou um best-seller instantâneo na sexta-feira. O livro, desdenhado por Trump como cheio de mentiras, retrata uma Casa Branca caótica, um presidente que estava mal preparado para conquistar o cargo em 2016 e auxiliares de Trump que desprezavam suas habilidades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos