Parlamento da África do Sul deve rever regras para remover presidente

JOANESBURGO (Reuters) - O Parlamento da África do Sul disse neste domingo que deve revisar as regras relacionadas a remoções de presidentes do cargo, após uma corte constitucional afirmar em 29 de dezembro que os legisladores não haviam conseguido responsabilizar o presidente Jacob Zuma.

Um sub comitê parlamentar se reunirá nesta semana para discutir um projeto de procedimentos na seção da constituição relativa à remoção de um presidente, e o projeto será então debatido na Casa, disse a Assembleia Nacional em um comunicado.

Nos últimos anos, Zuma escapou de muitos processos no Parlamento relacionados a alegações de corrupção. Ele nega qualquer irregularidade.

(Por Joe Brock)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos