Topo

REEDIÇÃO-Aviões colidem em aeroporto de Toronto, mas passageiros estão bem

07/01/2018 15h34

(Reescreve para esclarecer no último parágrafo que o Conselho de Segurança do Transporte é uma agência de investigação independente, e não um regulador de transportes)

(Reuters) - Dezenas de passageiros foram retirados de uma aeronave no aeroporto Pearson, de Toronto, no início da noite de sexta-feira após um avião sendo rebocado colidir em um jato que esperava para estacionar, gerando um pequeno incêndio, disse a autoridade do aeroporto.

Os serviços de incêndio e emergência responderam à colisão entre as duas aeronaves da Sunwing Airlines e da Westjet Airlines, que aconteceu às 21:19 (horário de Brasília), disse a autoridade em comunicado.

A Westjet, com sede em Calgary, afirmou ter relatos não confirmados de "ferimentos leves" no acidente, mas que todos os 168 passageiros e seis membros da tripulação a bordo de seu avião estavam a salvo.

O Boeing 737-800 havia acabado de chegar em Toronto de Cancun, no México, e esperava para seguir ao portão no momento da colisão, disse a Westjet.

A Sunwing, parte do Sunwing Travel Group, afirmou que não haviam passageiros ou membros da tripulação a bordo de seu avião no momento da colisão e que a aeronave estava sendo rebocada pela Swissport International Ltd.

Um porta-voz do Conselho de Segurança do Transporte, agência independente que investiga incidentes em meios de transporte, afirmou que uma equipe havia sido enviada ao aeroporto para investigar o caso.

(Reportagem de Julie Gordon, em Vancouver, e Jim Finkle, em Toronto)