Houthis no Iêmen ameaçam bloquear rota marítima do Mar Vermelho

Por Aziz El Yaakoubi

DUBAI (Reuters) - O movimento armado houthi no Iêmen ameaçou bloquear o estratégico corredor marítimo do Mar Vermelho se a coalizão liderada pelos sauditas continuar com os avanços em direção ao porto de Hodeidah, controlado pelo movimento, disse a agência de notícias Saba, gerida pelos houthis.

O Iêmen fica junto ao estreito do sul do Mar Vermelho, uma das mais importantes rotas comerciais do mundo para navios petroleiros, que passam perto da costa do Iêmen vindos do Oriente Médio e a caminho da Europa.

Embora a Saba não tenha dado detalhes de como os houthis realizariam tal ação, o estreito de Bab al-Mandab, onde o Mar Vermelho se encontra com o Golfo de Áden, tem largura de apenas 20 km, tornando centenas de embarcações um potencial alvo fácil.

“Se os agressores continuarem avançando em direção a Hodeidah e a solução política não ocorrer, há algumas escolhas estratégicas que serão tomadas como um ponto de não retorno, incluindo o bloqueio da navegação internacional no Mar Vermelho”, disse o líder houthi Saleh al-Samad, segundo a agência.

O Iêmen, um dos países mais pobres do mundo árabe, vive uma guerra interna entre o movimento houthi, aliado do Irã, e uma coalizão liderada pelos sauditas e apoiada pelos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos