Adolescente é morto na Venezuela durante saque a caminhão de farinha

Por Francisco Aguilar

BARINAS, Venezuela (Reuters) - Um adolescente foi morto a tiros durante o saque de um caminhão de farinha na Venezuela, de acordo com um relatório policial visto nesta quarta-feira, a mais recente vítima relacionada à crise alimentar no país com graves problemas econômicos, onde milhões não têm comida suficiente.

José Materán, 19 anos, foi morto durante um confronto com policiais que tentavam impedir o saque numa estrada perto de uma área pobre no Estado de Portuguesa na terça-feira à noite, segundo o relatório.

Um outro homem, que não foi identificado, foi ferido e levado a um hospital. A polícia prendeu quatro pessoas com sacos de farinha, acrescentou o relatório.

Há um aumento de saques e protestos no país membro da Opep nas últimas semanas, uma vez que o quarto ano seguido de recessão e o maior nível de inflação mundial deixam milhões sem alimentos.

Críticos culpam o presidente Nicolás Maduro pelo caos econômico. O governo de esquerda se diz vítima de uma “guerra econômica” travada por adversários políticos e potências estrangeiras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos