Equipes de resgate correm contra o tempo em busca de desaparecidos em deslizamentos na Califórnia

Por Rollo Ross e Alan Devall

SANTA BARBARA, Estados Unidos (Reuters) - Equipes de resgate no sul da Califórnia retomaram nesta quinta-feira a difícil tarefa de vasculhar toneladas de destroços em busca de sobreviventes dos deslizamentos que atingiram comunidades costeiras do Estado, deixando ao menos 17 mortos.

Até o momento há 17 desaparecidos, depois que uma parede de lama atingiu na área entre o oceano Pacífico e a Floresta Nacional Los Padres, de acordo com autoridades do condado de Santa Barbara.

"No momento, nossos recursos estão focados em determinar se alguém ainda está vivo em alguma destas estruturas que foram danificadas", disse o xerife do condado de Santa Barbara, Bill Brown, à TV KCAL, de Los Angeles.

Cerca de 500 membros de equipes de resgate usando cães, helicópteros militares e equipamentos de imagens térmicas estão no local.

Esforços de busca e resgate têm sido lentos, conforme as equipes precisam caminhar por lama na profundidade da cintura, árvores caídas, pedregulhos e outros destroços.

"Outro dia duro no condado de Santa Barbara conforme equipes de busca e resgate, bombeiros e forças de segurança de todo nosso condado e nossos condados vizinhos buscaram por sobreviventes e retiraram pessoas", informou o escritório do xerife em publicação no Twitter na noite de quarta-feira.

Os deslizamentos devastadores, que foram provocados por fortes chuvas no início de terça-feira, se moveram por vales destruídos por incêndios florestais históricos que atingiram a área no mês passado.

A corrente de destroços do deslizamento destruiu 100 casas, danificou centenas de outras estruturas e feriu 28 pessoas, disse Amber Anderson, porta-voz do Departamento de Bombeiros do condado de Santa Barbara.

Entre as propriedades danificadas estavam hotéis históricos e casas de celebridades, incluindo a apresentadora e atriz Oprah Winfrey e a apresentadora Ellen DeGeneres, que vivem ambas na comunidade costeira de luxo de Montecito.

DeGeneres disse em seu programa exibido nesta quinta-feira que a cidade de 9 mil habitantes é uma comunidade "unida".

"Não é somente uma comunidade rica, é repleta de muitos tipos diferentes de pessoas, de todos as experiências", disse. "E há famílias desaparecidas, há pessoas que não encontram familiares... é catastrófico".

Uma série de incêndios florestais no mês passado, incluindo o incêndio Thomas --o maior da história do Estado-- devastou vegetação de encostas, o que impediu o solo de absorver água da chuva.

"Primeiro nós tivemos um incêndio em nosso rancho, e agora nós estamos inundando, então este último mês tem sido muito ruim", disse Charles Stoops, em frente sua casa, que estava cercada por lama de quase um metro de profundidade.

(Reportagem adicional de Keith Coffman, em Denver; Alex Dobuzinskis e Dan Whitcomb, em Los Angeles; Sharon Bernstein, em Sacramento; Gina Cherelus e Peter Szekely, em Nova York; Rich McKay, em Atlanta; e Brendan O'Brien, em Milwaukee)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos