Conservadores de Merkel e sociais-democratas concordam em plano de coalizão, dizem fontes

BERLIM (Reuters) - Os conservadores da chanceler alemã, Angela Merkel, e o Partido Social-Democrata (SPD) concordaram, após conversas que avançaram pela madrugada desta sexta-feira, com um plano para negociações formais de coalizão, disseram fontes partidárias, reforçando a probabilidade de um fim para meses de incerteza política.

O acordo entre lideres dos partidos e do Parlamento deve preparar o caminho para negociações detalhadas nas próximas semanas, acabando com a incerteza que tem abalado o papel da Alemanha em questões internacionais e levantado dúvidas sobre por quanto tempo Merkel permanecerá no poder.

Após 24 horas de conversas, os líderes começaram a apresentar o plano de 28 páginas para membros dos partidos, disseram fontes partidárias.

(Reportagem de Holger Hansen e Andreas Rinke)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos