Pequim emite primeiro grande alerta de poluição do inverno chinês

PEQUIM (Reuters) - Pequim emitiu o primeiro grande alerta de poluição do inverno para a capital, desencadeando medidas rígidas para reduzir a produção de indústrias pesadas, uma vez que as temperaturas em queda aumentam a demanda por aquecimento e o governo lança uma nova rodada de inspeções ambientais.

O alerta laranja emitido na noite de quinta-feira, o segundo maior no sistema de quatro níveis da China, vem depois que Pequim alcançou, segundo relatos, grandes melhorias na qualidade do ar no ano passado, com a transferência da atividades industriais para fora da capital.

O Ministério de Proteção Ambiental advertiu em comunicado que a pesada poluição do ar irá envolver Pequim, Tianjin, Hebei e seu entorno desta sexta-feira até o dia 17 de janeiro.

Com um alerta laranja, fábricas que produzem móveis, cimento e outras indústrias pesadas precisam limitar sua produção entre 30 e 50 por cento. O número de empresas na capital afetadas pelo alerta é de mais de 700.

De acordo com a previsão, áreas no sul de Pequim, Tianjin, Hebei, o sul de Shanxi, o oeste de Shandong e o norte de Hebei sofrerão de ar tóxico entre os dias 13 e 15 de janeiro. No dia 15 de janeiro, a poluição do ar deve superar o nível considerado máximo na escala do governo, disse o ministério.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos