Partido governista da Libéria expulsa presidente Ellen Johnson Sirleaf

MONRÓVIA (Reuters) - O partido governista Unidade expulsou a atual presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, que é acusada por líderes da legenda de ter interferido na eleição presidencial do ano passado, na qual seu candidato sofreu uma amarga derrota.

Ellen Johnson Sirleaf, vencedora do Nobel da Paz que está no poder há 12 anos, nega as alegações do partido de que realizou reuniões particulares inapropriadas com juízes eleitorais antes da votação em 10 de outubro.

Quatro outros membros do partido também foram expulsos, informou a legenda em comunicado neste domingo.

“O comportamento das pessoas expulsas... constitui sabotagem e mina a existência do partido”, disse o comunicado anunciando a decisão, que foi tomada pelo comitê executivo do partido no fim do sábado. 

(Por Alphonso Toweh)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos