Autoridades venezuelanas cercam piloto de helicóptero foragido

CARACAS (Reuters) - Autoridades venezuelanas cercaram o auto-identificado piloto de helicóptero foragido Oscar Perez em uma casa em um bairro pobre nos arredores de Caracas nesta segunda-feira, e o militante anti-governo disse em vídeo que está negociando com autoridades.

Perez, um ex-piloto da polícia, é procurado por usar um helicóptero roubado para lançar granadas e atirar contra prédios do governo em junho, assim como por invadir uma unidade da Guarda Nacional em dezembro para roubar armas. O governo de esquerda do presidente Nicolás Maduro descreveu Perez como um “terrorista extremista fanático” e tentava localizá-lo há meses.

Finalmente parecia que as autoridades tinha conseguido encontrar Perez na região pobre de El Junquito.

    “Eles atiraram contra nós, eles nos fizeram nos abaixar, mas agora nós estamos negociando com as autoridades”, disse Perez, aparentemente vestindo um colete a prova de balas, em um vídeo publicado no Instagram.

    “Venezuela, não perca a esperança... Agora você possui o poder para que todos possamos ser livres”, disse, olhando para câmera e dizendo para seus filhos que os ama e espera vê-los novamente.

    O Ministério da Informação não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. No entanto, alguns membros do governo Maduro zombaram de Perez na manhã desta segunda-feira.

    “Que covarde agora que está preso como um rato!” tuitou a ministra das Prisões, Iris Varela. “Onde está a coragem que tinha para atacar unidades militares, matar e ferir oficiais e roubar armas?”

    (Reportagem adicional de Christian Veron)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos