Polícia da Califórnia encontra 13 irmãos acorrentados dentro de casa; pais são acusados de tortura

Por Mike Blake

PERRY, Estados Unidos (Reuters) - Um casal da Califórnia foi acusado de tortura depois que a polícia resgatou na segunda-feira seus 13 filhos subnutridos de uma casa onde alguns estavam acorrentados a camas, e vizinhos disseram que a família evitava contato social.

A polícia descobriu a situação depois que uma menina de 17 anos fugiu da casa em Perris, localizada cerca de 113 km ao leste de Los Angeles, e usou um celular que havia encontrado na casa para pedir ajuda, disse a polícia do distrito de Riverside, na segunda-feira.

"Representantes localizaram o que achavam ser 12 crianças dentro da casa, mas ficaram chocados ao descobrir que sete delas eram, na verdade, adultos", disse a polícia em comunicado. "As vítimas pareciam estar subnutridas e muito sujas".

A idade dos irmãos varia entre 2 e 29 anos, segundo a polícia.

A menina que fez a denúncia, que autoridades acreditaram inicialmente ter cerca de 10 anos de idade, entrou em contato com a polícia no domingo após fugir da casa.

Os pais, David Allen Turpin, de 57 anos, e Louise Anna Turpin, de 49, foram presos e acusados de tortura e de colocar os filhos em risco. Cada um teve a fiança definida em 9 milhões de dólares.

Os vizinhos disseram que os Turpins e seus filhos raramente saiam de casa. "Eles tinham muito medo", disse a dona de casa Wendy Martinez, de 41 anos. "Era como se eles nunca tivessem visto pessoas antes".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos