UE diz que "ainda está aberta" para mudança de opinião do Reino Unido sobre Brexit

ESTRASBURGO (Reuters) - O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, ponderou nesta terça-feira sobre o novo debate britânico acerca da realização de um segundo referendo do Brexit, dizendo que os britânicos seriam bem-vindos a mudar de ideia e permanecer na União Europeia.

Atualizando o Parlamento Europeu sobre a cúpula que presidiu no mês passado na qual líderes da UE concordaram em iniciar conversas com Londres sobre o futuro pós-Brexit, o ex-premiê polonês disse:

"Caso o governo britânico mantenha sua decisão de sair, o Brexit irá se tornar uma realidade, com todas as suas consequências negativas, em março do ano que vem, a não ser que haja uma mudança de mentalidade entre nossos amigos britânicos".

Referindo-se a um comentário do ministro britânico do Brexit sobre a possível reversão do referendo de 2016 que decidiu pela saída da UE, Tusk então acrescentou: "Não foi David Davis que disse: 'Se uma democracia não pode mudar sua opinião, ela deixa de ser uma democracia'?".

"Nós aqui no continente não tivemos uma mudança de opinião. Nossos corações ainda estão abertos para vocês".

(Reportagem de Alastair Macdonald, em Bruxelas)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos