Papa chega ao Peru e presidente pede ajuda com crise política

LIMA (Reuters) - O papa Francisco chegou ao Peru nesta quinta-feira, quando o presidente peruano apelou para que ele ajudasse a colocar o país no caminho certo depois que uma crise política quase o afastou do cargo há um mês.

O pontífice argentino desembarcou na capital peruana, Lima, depois de visitar o Chile, na segunda parte de sua visita às duas nações sul-americanas católicas, em que procurou restaurar a credibilidade da Igreja após acusações de abuso sexual.

O presidente peruano, Pedro Pablo Kuczynski, pediu que Francisco reunisse o país após protestos sobre o indulto que concedeu ao ex-líder autoritário Alberto Fujimori, a quem ele libertou da prisão na véspera de Natal, depois de sobreviver a uma tentativa de impeachment referente a um escândalo de corrupção.

"Espero que a visita do papa Francisco nos coloque mais uma vez no caminho da paz e do diálogo", disse Kuczynski no Twitter antes da chegada do pontífice.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos