Seul diz que participação de norte-coreanos em Olimpíadas de Inverno ajuda a aliviar tensões na península

Por Yuna Park

SEUL (Reuters) - O governo sul-coreano saudou a confirmação do Comitê Olímpico Internacional (COI) de que 22 atletas da Coreia do Norte vão competir nos Jogos Olímpicos de Inverno no próximo mês, dizendo que isso ajudaria a promover a paz e aliviaria as tensões na península coreana.

Na primeira de uma série de visitas preparatórias, autoridades de música e artes norte-coreanas chegaram à Coreia do Sul no domingo para inspecionar os locais das apresentações durante as Olimpíadas.

"A participação da Coreia do Norte nas Olimpíadas será um catalisador para construir a paz e aliviar as tensões na península coreana", afirmou a Casa Azul, residência presidencial da Coreia do Sul, em um comunicado divulgado no domingo.

Esta é a primeira visita de norte-coreanos ao Sul desde que o presidente sul-coreano Moon Jae-in assumiu o cargo em maio do ano passado e procurou restabelecer contato com o Norte.

"O presidente Moon já destacou anteriormente que as Olimpíadas de Pyeongchang deveriam ser um ponto de inflexão importante para a resolução da questão dos mísseis da Coreia do Norte", disse o comunicado da Casa Azul.

A delegação norte-coreana, composta por sete integrantes e liderada pelo músico Hyon Song-wol, verificará os locais da apresentação de uma equipe artística de 140 pessoas durante as Olimpíadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos