Governo espanhol toma primeiro passo para impedir eleição de Puigdemont como líder da Catalunha

MADRI (Reuters) - A vice-primeira-ministra da Espanha, Soraya Sáenz de Santamaria, disse nesta quinta-feira que o governo de Madri tomou o primeiro passo para impedir a eleição do ex-líder catalão Carles Puigdemont como presidente da rica região espanhola.

O governo pediu a opinião do Conselho de Estado sobre a possibilidade de recorrer à Corte Constitucional contra a decisão do presidente do Parlamento catalão de nomear Puigdemont como único candidato para liderar a Catalunha, afirmou Soraya Sáenz de Santamaria, em coletiva de imprensa.

Se a opinião do Conselho de Estado for positiva, o governo entrará com o recurso imediatamente, disse

(Reportagem Paul Day)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos