Cerca de 800 imigrantes são resgatados no Mediterrâneo

MILÃO (Reuters) - Cerca de 800 imigrantes foram resgatados no mar Mediterrâneo neste sábado, ao tentar chegar à Europa e dois corpos foram recuperados, disse em nota a guarda costeira da Itália, que coordenou as operações.

Nenhum detalhe sobre a nacionalidade dos resgatados foi divulgado, nem informações adicionais sobre as mortes.

Os imigrantes foram retirados de duas embarcações, dois botes de borracha e um pequeno barco em cinco operações separadas de resgate.

Durante um dos resgates, dois helicópteros da Marinha italiana foram usados para recolher sete crianças com água em seus pulmões e transportá-las ao hospital mais próximo na Tunísia, onde receberam os cuidados necessários, acrescentou a guarda costeira.

A imigração é uma das principais questões antes de uma eleição nacional na Itália, em 4 de março. O Partido Democrático, atualmente no poder, apontou uma forte queda nas chegadas da Líbia desde julho como prova de que está agora administrando o que antes parecia um fluxo interminável de barcos migrantes.

Mais de 20 mil podem ter morrido tentando a travessia para a Itália nos últimos quatro anos, estima a Organização Internacional de Migração, tornando-a a fronteira mais mortal para migrantes no mundo.

(Por Agnieszka Flak)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos