Guarda-costeira francesa realiza buscas por chefe da Quiksilver desaparecido no mar

BORDEAUX, França (Reuters) - A guarda-costeira francesa buscava nesta terça-feira por Pierre Agnes, chefe-executivo da varejista norte-americana de surfwear Boardriders, após seu veleiro de 36 pés (10,97 metros) ter sido encontrado naufragado na costa atlântica do país.

Membros de equipes de resgate vasculhavam partes da baía da Biscaia próximas à costa de Hossegor, um resort de surfe de onde Agnes, de 54 anos, zarpou no início da manhã, informou a prefeitura de Landes.

    Agnes enviou uma mensagem a autoridades portuárias indicando que estava atrasando seu retorno por conta de névoa espessa. Seu barco foi posteriormente encontrado encalhado e vazio não muito longe de Hossegor.

“Uma operação de buscas por ar e água está sendo feita”, informou a prefeitura de Landes em comunicado, acrescentando que dois helicópteros e dois barcos estavam envolvidos na operação de resgate.

Ventos estavam fracos, a prefeitura acrescentou, mas ondas de até 2,4 metros dificultavam a visibilidade.

    A Boardriders, que é 85 por cento controlada pela companhia de private equity norte-americana Oaktree Capital, é dona das marcas Quiksilver, Roxy e DC Shoes.

    A Boardriders Inc anunciou em 5 de janeiro que havia concordado em comprar a australiana Billabong International, um acordo que avaliou a companhia em 159,92 milhões de dólares.

    (Reportagem de Claude Cannelas) 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos