Conversas entre governo e oposição da Venezuela "avançam", mas não produzem acordo

SANTO DOMINGO (Reuters) - Conversas entre o governo da Venezuela e a oposição política do país estão avançando, embora nenhum acordo concreto tenha sido feito, segundo porta-vozes de ambos lados.

Poucos esperam muito das conversas, que estão sendo realizadas na República Dominicana. O Governo e a oposição estão entrando e saindo de conversas há anos para chegar a um acordo para aliviar a profunda crise política e econômica no país rico em petróleo.

Jorge Rodríguez, ministro das Comunicações da Venezuela, disse em comunicado à imprensa nesta quarta-feira que um “pré-acordo” havia sido assinado, mas não deu mais detalhes.

“Hoje é um dia para alegria, apesar de ser longo e árduo”, disse.

No entanto, o ex-presidente da Assembleia Nacional, liderada pela oposição, Julio Borges negou que um pré-acordo tenha sido assinado.

“Há áreas nas quais avançamos e áreas muito importantes nas quais não avançamos”, disse Borges.

Ambas delegações irão retornar a Caracas para consultas antes de retomarem conversas em uma data não especificada na República Dominicana.

Eleições presidenciais estão marcadas para acontecer antes de 30 de abril, uma decisão que tem sido rejeitada pela oposição.

(Reportagem de Jorge Pineda)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos