Dois terços dos membros do SPD apoiam formação de coalizão alemã, indica pesquisa

BERLIM (Reuters) - Dois terços dos membros do Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD) apoiam a formação de um governo de coalizão com os conservadores da chanceler Angela Merkel, indicou uma pesquisa de opinião nesta sexta-feira.

O levantamento, conduzido pela Kantar Emnid para o grupo de jornais Funke, mostrou que 66 por cento dos sociais-democratas querem uma "grande coalizão", e apenas 30 por cento preferem a realização de novas eleições, enquanto 78 por cento dos partidários dos conservadores apoiam a coalizão.

Em votação que começa no dia 20 de fevereiro, os 464 mil membros do SPD serão perguntados se aprovam ou não um programa de governo de 4 anos que líderes dos partidos elaboraram na última semana.

O resultado da votação será anunciado no dia 4 de março. Se o acordo for rejeitado, a Alemanha provavelmente realizará novas eleições.

(Reportagem de Emma Thomasson)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos