Topo

Rússia chama de absurda alegação dos EUA sobre interferência em eleição

2018-02-16T17:56:14

16/02/2018 17h56

MOSCOU (Reuters) - As alegações dos Estados Unidos de que cidadãos russos interferiram na eleição dos EUA são absurdas, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, nesta sexta-feira.

Um tribunal federal dos EUA indiciou 13 cidadãos e três entidades da Rússia sob acusação de interferir na eleição presidencial de 2016 e processos políticos dos EUA.

"13 pessoas interferiram nas eleições dos EUA?! 13 contra um orçamento de inteligência de bilhões? ... Contra os mais recentes desenvolvimentos e tecnologias? Absurdo? Sim", escreveu Zakharova em uma publicação no Facebook.

(Reportagem de Jack Stubbs)