Coreia do Sul e EUA vão anunciar exercício militar conjunto antes de abril, diz ministro sul-coreano

Por Christine Kim e Hyonhee Shin

SEUL (Reuters) - A Coreia do Sul e os Estados Unidos vão anunciar antes de abril planos para realizar um exercício militar conjunto, disse o ministro da Defesa sul-coreano, Song Young-moo, nesta terça-feira.

Seul e Washington concordaram em adiar exercícios militares regulares até o final dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno da Coreia do Sul, que acabarão em 18 de março.

Após a decisão de adiar os exercícios conjuntos, a Coreia do Norte concordou em participar das primeiras conversações oficiais com a Coreia do Sul em mais de dois anos e em enviar atletas para os Jogos de Inverno, aliviando as tensões sobre os programas nuclear e de mísseis do regime norte-coreano.

Perguntando quando EUA e Coreia do Sul irão realizar os exercícios, o ministro Song Young-moo disse ao Parlamento que ele e seu homólogo norte-americano, Jim Mattis, farão um anúncio entre 18 de março e o início de abril.

"O exercício foi adiado de acordo com o espírito da Olimpíada", disse Song. "Concordamos em manter a base até depois dos Jogos Paralímpicos... e não confirmamos nem negamos nada

sobre o que faremos depois disso até que o anunciemos".

Song acrescentou que as conversas intercoreanas não foram um resultado direto do adiamento dos exercícios.

(Reportagem de Christine Kim e Hyonhee Shin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos