Candidato de partido das Farc à Presidência da Colômbia é hospitalizado com dores no peito

BOGOTÁ (Reuters) - O candidato presidencial do partido oriundo das Farc, Rodrigo Londoño, conhecido como Timochenko, foi hospitalizado na quinta-feira na capital da Colômbia com dores no peito e está sob observação médica, informou a legenda em comunicado.

Timochenko, que no final de 2016 assinou um acordo de paz com o governo colombiano, sofre de problemas cardíacos e passou por uma cirurgia em Cuba enquanto negociava o acordo.

O ex-líder rebelde foi levado a um hospital com dores no peito após realizar sua rotina de exercícios diários, informou o grupo.

Timochenko está concorrendo à Presidência pelo novo partido político do grupo, que manteve suas famosas iniciais alterando seu nome para Força Alternativa Revolucionária do Comum.

(Reportagem de Helen Murphy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos