Trump: "Guerras comerciais são boas e fáceis de ganhar"

WASHINGTON (Reuters) - Um dia após anunciar tarifas de importações sobre aço e alumínio, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tuitou nesta sexta-feira que "guerras comerciais são boas, e fáceis de ganhar".

Trump disse na quinta-feira que os EUA irão impor tarifas de importação de 25 por cento sobre o aço e de 10 por cento sobre o alumínio para proteger os produtores norte-americano, apesar de autoridades da Casa Branca terem dito mais tarde que alguns detalhes ainda precisam ser definidos.

"Quando um país (EUA) está perdendo vários bilhões de dólares em comércio com praticamente todos os países com que faz negócios, guerras comerciais são boas, e fáceis de ganhar", escreveu Trump no Twitter.

"Por exemplo, quando estamos perdendo 100 bilhões de dólares com um determinado país e eles decidem não fazer mais negócio, nós ganhamos muito. É fácil!".

Temores de uma guerra comercial global pressionaram os mercados acionários em Wall Street, na Ásia e na Europa, afetando principalmente as ações de siderúrgicas e indústrias que fornecem para o mercado norte-americano.

Trump acredita que as tarifas irão proteger empregos norte-americano, mas muitos economistas dizem que o impacto de alta dos preços para os compradores de aço e alumínio, como as indústrias de petróleo e veículos, irão destruir mais empregos do que as tarifas em importação irão criar.

(Por Kevin Liffey)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos