PUBLICIDADE
Topo

Bomba mata 2 em Alexandria antes de eleição presidencial no Egito

24/03/2018 13h27

CAIRO (Reuters) - Uma bomba colocada sob um carro explodiu na segunda maior cidade do Egito, Alexandria, neste sábado, matando duas pessoas incluindo um policial, dois dias antes de o país realizar uma eleição presidencial.

O bombardeio, que feriu outros quatro policiais, tinha como alvo o chefe da segurança de Alexandria, o General Mostafa al-Nemr, disse o Ministério do Interior.

Não houve reivindicação imediata de responsabilidade pelo bombardeio. O Estado Islâmico liberou um vídeo no mês passado no qual alertava os egípcios contra tomarem parte na eleição e pediu que islâmicos atacassem forças de segurança e lideranças.

A agência de notícias estatal MENA citou Nemr dizendo que duas pessoas, um policial e um motorista, foram mortos na explosão.

"Neste sábado, 24 de março, um dispositivo explosivo plantado sob um carro explodiu... enquanto o chefe da segurança de Alexandria passava por ali", disse o Ministério do Interior em comunicado.

Testemunhas oculares disseram que a polícia e equipes do exército formaram um cordão ao redor do local da explosão. Estações de TV locais mostraram Nemr inspecionando a área mais tarde, sem ferimentos.

(Reportagem de Mohamed Abdellah e Haitham Ahmed)