PUBLICIDADE
Topo

Rússia diz que Venezuela não ofereceu quitar dívidas com criptomoeda

27/03/2018 10h41

MOSCOU (Reuters) - A Venezuela não ofereceu pagar parte de suas dívidas com a Rússia usando a criptomoeda do país, disse a repórteres o chefe do Departamento de Dívida Estatal do Ministério de Finanças russo, Konstantin Vyshkovsky, nesta terça-feira.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse no mês passado que a recém-lançada criptomoeda Petro, sustentada pelo petróleo, havia levantado 735 milhões de dólares no primeiro dia de pré-venda. A nova moeda tem como objetivo retirar o país de uma crise econômica.

No ano passado, a Rússia e a Venezuela assinaram um acordo de reestruturação de dívida permitindo que o governo venezuelano fizesse pagamentos "mínimos" a Moscou durante os próximos seis anos. Sob o acordo, a Venezuela irá pagar à Rússia um total de 3,15 bilhões de dólares durante período de 10 anos.

(Reportagem de Darya Korsunskaya)