Topo

Incêndio em delegacia deixa ao menos 68 mortos na Venezuela

29/03/2018 08h35

Por Tibisay Romero

VALENCIA, Venezuela (Reuters) - A Procuradoria-Geral da Venezuela informou que está investigando a morte de 68 pessoas em um incêndio que aconteceu nas celas do quartel-general da polícia do Estado de Carabobo, na quarta-feira.

O procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, disse que entre as vítimas do incidente, que aconteceu na manhã de quarta-feira, estão duas mulheres que visitavam o local.

"Aprofundaremos as investigações para esclarecer de forma imediata esses dolorosos acontecimentos que deixaram de luto dezenas de famílias venezuelanas", disse o procurador-geral em sua conta no Twitter. O Ministério Público designou quatro procuradores para investigar o incidente, acrescentou.

Um grande número de familiares de presos aguardou durante quase todo o dia em frente ao prédio para conseguir informações oficiais sobre o incêndio que, como presumem as famílias, teria começado durante uma rebelião.

A polícia tentou dispersar a multidão em frente a delegacia com uso de gás lacrimogênio.

(Reportagem adicional de Corina Pons, Vivian Sequera e Deisy Buitrago)