Topo

Sisi vence eleições presidenciais no Egito por 97 por cento sem real oposição

02/04/2018 12h58

Por John Davison e Ahmed Tolba

CAIRO (Reuters) - O presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi foi reeleito com 97 por cento dos votos, a mesma proporção que o ex-comandante militar garantiu há quatro anos para o seu primeiro mandato, mostraram resultados oficiais nesta segunda-feira.

O comparecimento foi de 41 por cento, apesar de esforços para levar o maior número possível de egípcios para zonas eleitorais durante a votação da última semana. Sisi tinha praticamente garantido uma vitória esmagadora, confirmada pelos primeiros resultados após o encerramento da votação na quarta-feira.

A eleição só tinha um outro oponente --ele mesmo um forte apoiador de Sisi-- após todos os concorrentes sérios de oposição interromperem suas campanhas em janeiro. O principal desafiador foi detido e seu gestor de campanha foi espancado, enquanto outros candidatos abandonaram a corrida, citando intimidação.

A comissão eleitoral disse que a votação foi livre e justa ao dar o resultado em um anúncio televisionado nesta segunda-feira.

Sisi recebeu um total de 21,8 milhões de votos, contra 656.534 mil para o seu oponente, Moussa Mostafa Moussa, cuja contagem foi inferior aos 1,8 milhão de votos nulos.

A baixa participação é um possível revés para Sisi, que sugeriu antes da votação que ele a enxergava mais como um referendo à sua Presidência do que uma disputa genuína. A participação na eleição de 2014, que lhe deu o seu primeiro mandato, foi de 47 por cento.