Ao se filiar ao MDB, Meirelles exalta política econômica e elogia Temer

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, aproveitou a cerimônia de sua filiação ao MDB nesta terça-feira para exaltar a política econômica que conduz e elogiar o presidente Michel Temer, de quem pode vir a ser companheiro de chapa na eleição presidencial de outubro.

Meirelles disse que, quando ele e Temer assumiram, a economia estava em frangalhos e que o presidente lhe deu liberdade de implementação da política econômica. Como resultado, disse o ministro, a inflação nunca foi tão baixa e o desemprego, apesar de ainda alto, vai diminuir.

Meirelles saiu do PSD rumo ao MDB e deve deixar o ministério até o fim desta semana para disputar a eleição. Além da possibilidade de ele ser vice em uma chapa encabeçada por Temer, o ministro também pode acabar tornando-se o candidato governista na disputa.

(Reportagem de Ricardo Brito e Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos