Mais de 40 mil civis voltaram à região síria de Ghouta Oriental, diz agência

MOSCOU (Reuters) - O Ministério da Defesa da Rússia disse nesta terça-feira que mais de 40 mil civis que haviam fugido da região síria de Ghouta Oriental voltaram, relatou a agência de notícias Interfax.

A ofensiva governamental em Ghouta Oriental foi uma das mais letais da guerra, tendo matado mais de 1.600 civis, segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos. O governo diz estar restaurando a segurança em Damasco, que foi alvo constante de disparos de artilharia vindos de Ghouta Oriental durante o conflito.

Nas últimas 24 horas 1.123 combatentes rebeldes e suas famílias deixaram Douma, cidade de Ghouta Oriental, disse a Interfax citando o Ministério da Defesa russo.

Desde o início da adoção da pausa humanitária em Ghouta Oriental, 2.269 militantes e familiares partiram de Douma, o maior centro urbano nos subúrbios do leste de Damasco, informou a pasta.

         (Por Polina Nikolskaya)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos