Testes de mísseis da Rússia forçam fechamento parcial do Mar Báltico

Por Gederts Gelzis

RIGA (Reuters) - A Rússia começou a testar mísseis com munição real no Mar Báltico nesta quarta-feira e alarmou a Letônia, membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) que diz que os exercícios a forçaram a fechar parcialmente o espaço aéreo comercial sobre o Báltico.

Na segunda-feira o Ministério da Defesa russo disse que sua Frota do Báltico, baseada em Kaliningrado, estava se preparando para um treinamento de rotina no Mar Báltico, incluindo cinco exercícios para praticar tiro contra alvos aéreos e terrestres.

"É uma demonstração de força", afirmou o primeiro-ministro letão, Maris Kucinskis, à Reuters. "É difícil compreender que possa acontecer tão perto do (nosso) país".

Os testes estão sendo realizados na zona econômica exclusiva da Letônia, disseram autoridades, uma área de mar pouco além das águas territoriais da Letônia nas quais esta desfruta de direitos econômicos, e também mais a oeste do Mar Báltico.

Riga fechou parte de seu espaço aéreo durante os três dias de testes, e a Suécia também emitiu um alerta para o tráfego marítimo civil e disse que podem acontecer atrasos e interrupções no tráfego aéreo civil.

A Agência de Transportes Sueca estabeleceu uma assim chamada zona-D temporária, ou zona de perigo, no sul do Báltico, redirecionando o tráfego aéreo e marítimo.

Os testes de mísseis e exercícios militares ocorrem na esteira dos grandes jogos de guerra russos de setembro, que se estenderam do Báltico ao Mar Negro. As manobras irritaram o Ocidente por causa de sua escala, abrangência e o que a Otan classificou como falta de transparência.

Em um momento de tensões altas entre Ocidente e Oriente, autoridades da Otan temem que qualquer acidente envolvendo armas militares e um navio ou avião civil desencadeie um conflito mais amplo.

Moscou acusa a Otan de insuflar uma propaganda anti-Rússia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos