Filha de ex-espião russo envenenado diz que ela e pai estão se recuperando, segundo TV estatal russa

MOSCOU (Reuters) - A filha do ex-espião russo Sergei Skripal, Yulia, que foi envenenada junto com o pai na Inglaterra, telefonou para uma prima e disse que ambos estão se recuperando e que ela espera deixar o hospital em breve, informaram a TV estatal da Rússia e a agência de notícias Interfax nesta quinta-feira.

A TV estatal anunciou na noite de quarta-feira que a ligação tinha acontecido, dizendo ter recebido uma gravação da prima de Yulia, Viktoria Skripal, mas que não podia garantir sua autenticidade.

O Reino Unido responsabiliza a Rússia pelo envenenamento com uso de agente nervoso, o que Moscou nega.

O ataque deixou Yulia e Sergei em estado grave, mas no dia 29 de março o hospital onde eles estão sendo tratados disse que Yulia estava se recuperando enquanto a rede BBC, citando fontes, disse que ela estava "consciente e falando".

A TV estatal e a agência Interfax reportaram que Yulia supostamente telefonou para Viktoria Skripal na noite de quarta-feira e disse:

"Tudo está bem, tudo pode ser consertado, todos estão se recuperando, todos estão vivos".

Quando perguntada sobre a saúde de seu pai, Yulia teria dito: "Tudo está bem, ele está descansando agora, dormindo. A saúde de todos está bem, ninguém tem nenhum problema que não possa ser resolvido. Eu irei em breve deixar (o hospital)".

(Reportagem de Andrey Ostroukh)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos