Lula negocia com Polícia Federal para se entregar e começar a cumprir pena, diz fonte

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está negociando com a Polícia Federal para se apresentar nesta sexta-feira e começar a cumprir a pena de prisão de 12 anos e 1 mês, disse à Reuters uma fonte com conhecimento do assunto.

O juiz federal Sérgio Moro determinou na quinta-feira a prisão de Lula no caso do tríplex do Guarujá e havia dado até as 17h desta sexta-feira para que o ex-presidente se apresentasse à Polícia Federal em Curitiba.

O petista, no entanto, segue no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, para onde foi desde a véspera, acompanhado por aliados.

Lula nega ser dono do tríplex, assim como quaisquer irregularidades. O ex-presidente, que é réu em outros seis processos, afirma ser alvo de uma perseguição política promovida por setores do Ministério Público, do Judiciário e da Polícia Federal com o objetivo de impedi-lo de ser candidato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos