Topo

PF não vai executar ordem de prisão de Lula nesta sexta-feira

06/04/2018 20h57

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - A Polícia Federal não vai executar ordem de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta sexta-feira, e a expectativa é que as negociações em curso para que ele se entregue terminem no sábado, disse à Reuters uma fonte com conhecimento do assunto.

"As negociações continuam e deverão chegar a bom termo amanhã (sábado)", disse a fonte, que pediu para não ser identificada.

"Evitar efeitos colaterais é dever de todos", acrescentou.

Pouco antes, a assessoria de imprensa da PF em Curitiba havia confirmado à Reuters que o ex-presidente não iria mais nesta sexta-feira para a capital paranaense.

Na quinta-feira, Moro determinou que Lula se apresentasse à PF de Curitiba até a tarde desta sexta-feira para iniciar o cumprimento da pena de 12 anos e 1 mês por ter recebido o tríplex da empreiteira OAS como pagamento de propina em troca de contratos na Petrobras.

O petista nega ser dono do imóvel, assim como quaisquer irregularidades. Lula, que é réu em outros seis processos, afirma ser alvo de uma perseguição política promovida por setores do Ministério Público, do Judiciário e da Polícia Federal com o objetivo de impedi-lo de ser candidato.

(Com reportagem de Ricardo Brito)