Texas envia 250 soldados da Guarda Nacional para a fronteira com o México

(Reuters) - A Guarda Nacional do Texas começou a destacar tropas para ajudar a patrulhar a fronteira com o México, pois o presidente norte-americano, Donald Trump, não conseguiu que o Congresso dos Estados Unidos ou o México financiem a construção de um muro ao longo da fronteira.

    O destacamento, anunciado na sexta-feira por autoridades do Texas, ocorreu após Trump ter pedido que o Secretário de Defesa, James Mattis, solicitasse o uso da Guarda Nacional para ajudar o Departamento de Segurança Nacional na fronteira sudoeste.

    Mattis autorizou na sexta-feira o financiamento para o deslocamento até 4.000 soldados da Guarda Nacional para a operação até o dia 30 de setembro, informou um memorando do Departamento de Defesa.

    As tropas estarão sob “comando e controle” de seus respectivos governantes, de acordo com o documento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos