Cidade faz vigília para as vítimas do acidente fatal de ônibus no Canadá

Por Katherine Fitzpatrick

HUMBOLDT, Saskatchewan (Reuters) - Uma pequena cidade agrícola da província canadense de Saskatchewan realizará, neste domingo à noite, uma vigília pelos sobreviventes de um acidente de ônibus que matou 15 pessoas e deixou outras 14 feridas, algumas em estado crítico.

O acidente de sexta-feira, que devastou a equipe de hóquei no gelo da Humboldt Broncos, provocou ondas de choque no país apaixonado por hóquei e deixou de luto a comunidade de pouco mais de 6 mil habitantes.

O acidente, um dos piores ocorridos na comunidade esportiva canadense, aconteceu enquanto o time viajava para um jogo na cidade de Nipawin, cerca de 200 km a nordeste de Humboldt.

O ônibus se chocou com um caminhão semi-reboque. A polícia canadense está analisando as condições da estrada, climáticas e as mecânicas dos veículos.

Pessoas da cidade e apoiadores do time se reuniram no complexo local Uniplex de esportes e educação para se confortarem mutuamente, e uma iniciativa online de levantamento de fundos para ajudar as famílias das vítimas arrecadou 3,05 milhões de dólares canadenses (2,4 milhões de dólares).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos