Topo

Porta-voz de segurança nacional de Trump planeja deixar Casa Branca

09/04/2018 08h58

WASHINGTON (Reuters) - O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, planeja deixar o governo, disse a Casa Branca no domingo, um dia antes do terceiro assessor de segurança nacional de Trump assumir formalmente seu cargo.

Michael Anton, que também integrou o Conselho de Segurança Nacional do ex-presidente George W. Bush e que foi diretor da BlackRock, está deixando o cargo após trabalhar para Trump por mais de um ano, disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, em comunicado.

"Michael é um dos indivíduos mais inteligentes e talentosos com quem eu já trabalhei", disse. "Ele fará muita falta".

Trump ligou para Anton no domingo para agradecê-lo por seu trabalho, disse uma autoridade da Casa Branca.

A Casa Branca não informou o motivo da saída de Anton, ou a data exata de quando ele deixará o cargo. A saída do porta-voz é a mais recente em uma série de mudanças na composição do governo Trump.

No mês passado, Trump anunciou que iria substituir H.R. McMaster como assessor de segurança nacional por John Bolton, que é conhecido por ter defendido o uso de força militar contra a Coreia do Norte e o Irã.

(Reportagem de David Shepardson e Matt Spetalnick)