Topo

ONU não adota proposta de resolução da Rússia sobre a Síria

10/04/2018 19h46

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - Uma proposta de resolução russa no Conselho de Segurança da ONU expressando apoio ao envio de investigadores da agência global de vigilância de armas químicas para o local de um suposto ataque mortal na Síria não foi aprovada nesta terça-feira.

Foi a terceira resolução relacionada aos ataques com armas químicas na Síria votada pelo conselho de 15 membros nesta terça-feira. Uma resolução precisa de nove votos a favor e nenhum veto de Rússia, China, França, Reino ou Estados Unidos para ser aprovada. Um veto só pode ser lançado se um projeto ganhar pelo menos nove votos.

A Organização para a Proibição de Armas Químicas disse nesta terça-feira que os inspetores viajariam para a cidade de Douma, controlada pelos rebeldes, para investigar os relatos do ataque que matou até 60 pessoas.

(Por Michelle Nichols)