Topo

Agência de armas químicas confirma descobertas de Reino Unido sobre envenenamento de ex-espião

12/04/2018 08h26

HAIA (Reuters) - Exames realizados por quatro laboratórios afiliados ao órgão de monitoramento global de armas químicas confirmaram as descobertas do Reino Unido sobre o agente nervoso usado no ataque do mês passado contra um ex-espião russo na Inglaterra, apontou resumo das conclusões publicado nesta quinta-feira.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse no dia 12 de março que Sergei Skripal e sua filha Yulia haviam sido envenenados com um agente nervoso de tipo militar do grupo de venenos Novichok, desenvolvido pela União Soviética nas décadas de 1970 e 1980.

(Reportagem de Anthony Deutsch)