Trump diz que ataque na Síria pode ocorrer "muito em breve ou nem tão logo assim"

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, emendou nesta quinta-feira um alerta anterior sobre um ataque militar rápido contra a Síria em retaliação a um suposto ataque com armas químicas contra civis, dizendo que ele pode ocorrer "muito em breve ou nem tão logo assim".

"Nunca disse quando um ataque à Síria aconteceria", tuitou Trump.

Ele havia prometido uma ação rápida e decisiva contra a Síria depois dos relatos de um possível ataque com gás venenoso que matou dezenas de pessoas. Damasco negou responsabilidade pelo incidente, que ampliou uma crise entre o Ocidente e Moscou, que apoia o governo sírio.

Na quarta-feira, embora Trump tenha dito antes que não "alardearia" seus planos para a Síria, ele escreveu no Twitter que mísseis "estão a caminho, lindos e novos e 'inteligentes'!"

Mas ainda na quarta-feira o secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, adotou um tom mais cauteloso, dizendo que Washington ainda está avaliando informações de inteligência sobre o suposto ataque com gás tóxico.

(Por Michael Holden e Makini Brice)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos