Colisão de trem com van escolar deixa 13 crianças mortas na Índia

MUMBAI (Reuters) - Um trem atingiu uma van escolar em um cruzamento da linha férrea na Índia nesta quinta-feira, matando 13 crianças, no segundo grande acidente envolvendo estudantes em pouco mais de duas semanas no país.

A polícia está investigando a causa do acidente ocorrido no Estado de Uttar Pradesh, mas autoridades disseram que o motorista do veículo escolar seria o responsável pela segurança em cruzamentos sem a presença de fiscais.

"Os trens não são responsáveis no caso de cruzamentos de nível sem vigilância", disse Ashwani Lohani, presidente da agência do governo responsável pelas ferrovias.

O ministro-chefe do Estado, Yogi Adityanath, disse a repórteres no local que o acidente pode ter sido resultado de negligência por parte do motorista, que, segundo ele, estaria usando fones de ouvido na ocasião.

Além dos 13 mortos, 8 crianças e o motorista ficaram feridos e foram hospitalizados, informou a polícia. Havia 22 crianças no veículo.

O ministro das Ferrovias, Piyush Goyal, disse que um inquérito já foi ordenado e que seu ministério pagará indenização às famílias dos mortos.

Lohani disse que, no longo prazo, a solução é a substituição de todos os cruzamentos sem vigilância na gigantesca malha ferroviária indiana por pontes ou túneis. "Estamos trabalhando nisso, mas levará tempo".

No dia 9 de abril ao menos 24 crianças e três adultos morreram quando um ônibus escolar despencou de uma estrada em uma montanha em Himachal Pradesh, Estado do norte indiano.

(Por Swati Bhat; Reportagem adicional de Neha Dasgupta e Malini Menon)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos