Trump diz ter data e local definidos para reunião com líder da Coreia do Norte

Por Steve Holland e Roberta Rampton

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que foram definidos data e local para uma reunião com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, criando suspense sobre as conversas inéditas e dando pistas sobre progresso na libertação de três norte-americanos detidos na Coreia do Norte.

A Casa Branca informou que a cúpula histórica com o líder asiático poderá ocorrer nas próximas semanas. Trump deverá pressionar a Coreia do Norte a abrir mão de suas armas nucleares.

A zona desmilitarizada (DMZ, na sigla em inglês) entre Coreia do Norte, Coreia do Sul e Cingapura está entre as principais opções consideradas para o encontro. Trump manifestou nesta semana uma preferência pela DMZ, mas disse que Cingapura também era possível.

A Casa da Paz na DMZ foi o local do encontro no mês passado entre Kim e o presidente sul coreano, Moon Jae-in.

O assessor de segurança nacional de Trump, John Bolton, deveria discutir o encontro com o seu equivalente sul-coreano, Chung Eui-yong, na Casa Branca nesta sexta-feira, segundo autoridades.

Trump, que gosta de criar suspense sobre notícias da Presidência, não deu uma data ou local para as negociações e autoridades da Casa Branca não forneceram imediatamente mais detalhes.

O governo dos EUA está investigando relatos de que três norte-americanos presos nos últimos anos na Coreia do Norte tinham sido recentemente realocados de um campo de trabalho para um hotel perto de Pyongyang, à medida que crescem expectativas de que eles serão soltos antes do encontro.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, disse na quinta-feira que se a Coreia do Norte soltasse os três norte-americanos, "nós certamente veríamos isso como um sinal de boa vontade" antes do encontro Trump-Kim.

Na sexta-feira, enquanto respondia a perguntas de repórteres antes de deixar a Casa Branca, Trump disse que "muitas coisas têm ocorrido" em relação aos norte-americanos atualmente presos na Coreia do Norte.

(Reportagem de Lisa Lambert, Makini Brice, Roberta Rampton, Steve Holland e Jeff Mason)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos