Alemanha quer manter acordo nuclear com Irã e Merkel pede redução das tensões

BERLIM (Reuters) - A chanceler alemã, Angela Merkel, disse ao presidente iraniano que ela apoia a manutenção do acordo nuclear, após a retirada dos Estados Unidos, sob a condição de que Teerã cumpra sua parte no pacto, disse seu gabinete nesta quinta-feira.

Em um telefonema a Hassan Rouhani, Merkel pediu conversas em formato mais abrangente sobre o programa de mísseis balísticos do Irã e suas ações regionais --incluindo na Síria e Iêmen, disse seu gabinete.

Ela condenou os ataques durante a noite por forças iranianas a postos militares de Israel nas Colinas de Golã, e pediu que o Irã contribua para reduzir a escalada de violência na região, segundo o comunicado.

(Por Douglas Busvine)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos