Presidente italiano concederá mais tempo a Liga e 5 Estrelas para formar governo

ROMA (Reuters) - O presidente italiano, Sergio Mattarella, dará mais tempo aos partidos Liga e Movimento 5 Estrelas para acertarem a formação de um governo para encerrar nove semanas de impasse político, disse uma fonte do gabinete presidencial nesta quinta-feira.

Os dois partidos, que são contra as restrições orçamentárias da União Européia e que fizeram promessas eleitorais que custariam bilhões de euros para serem implementadas, pediram na quarta-feira ao chefe de Estado um período de 24 horas para tentarem chegar a um acordo.

Uma fonte próxima ao 5 Estrelas disse à Reuters que acredita que as legendas podem precisar de "mais alguns dias" para alcançar um acordo.

A Itália vive uma situação de limbo político desde uma eleição inconclusiva em 4 de março que viu um bloco de centro-direita, incluindo a Liga, ganhar a maior parte dos assentos, enquanto o 5 Estrelas emergiu como o maior partido individual.

O 5 Estrelas já havia sinalizado que estava disposto a formar uma coalizão com a Liga, mas não com seu aliado eleitoral e ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi.

Depois de se recusar a aceitar tal veto, Berlusconi finalmente cedeu na quarta-feira, dizendo que a Liga estava livre para negociar com o 5 Estrelas.

(Reportagem de Massimiliano Di Giorgio e Crispian Balmer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos