Jornalista iraquiano que atirou sapatos em Bush concorre a vaga no Parlamento

BAGDÁ (Reuters) - Um jornalista iraquiano que atirou os sapatos no então presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, durante uma coletiva de imprensa uma década atrás está concorrendo a uma vaga no Parlamento do Iraque com uma campanha de combate à corrupção e ao sectarismo que assolam seu país.

O repórter de televisão Muntazer al-Zaidi se tornou famoso no Iraque e no Oriente Médio depois de lançar seus calçados contra Bush no decorrer de uma coletiva de imprensa em Bagdá em 2008, gritando "Isto é um beijo de despedida do povo iraquiano, seu cão!".

Bush se desviou duas vezes dos sapatos que voaram acima de sua cabeça. Zaidi cumpriu uma pena de seis meses de prisão por agredir um líder em visita.

Hoje Zaidi concorre ao Parlamento como membro do movimento do clérigo xiita Moqtada al-Sadr, cuja milícia desencadeou uma campanha violenta contra os militares dos EUA durante sua ocupação do Iraque, mas que recentemente se redefiniu como um oponente do sectarismo militante.

Sadr e seus seguidores argumentam que os partidos sectários e étnicos que representam os xiitas, sunitas e curdos do país, dominantes desde a queda de Saddam Hussein em 2003, abusaram de seu poder e saquearam o Estado. Seus partidários formaram uma aliança improvável com os comunistas e outros grupos seculares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos