Demissão de Parente está sendo tratada pelo presidente da República, diz Padilha

BRASÍLIA (Reuters) - A saída de Pedro Parente do comando da Petrobras é um assunto que está sendo tratado pelo presidente Michel Temer, disse nesta sexta-feira o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, que se recusou a comentar a demissão de Parente durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

“A questão Petrobras e Pedro Parente é uma questão que está sendo tratada pela Presidência da República e qualquer comentário nosso sobre esse tema só poderia prejudicar essa tratativa nesse momento. Portanto, pedindo excusas, nós vamos remeter à Presidência da República essa questão”, disse Padilha, acrescentando que nem ele, nem o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, também presente na entrevista, tinham autoridade para tratar do tema.

“Neste momento, nós não temos poder, não temos autoridade para tratar de algo que está sendo tratado rigorosamente pela Presidência da República”, disse.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos