Socialista Sánchez torna-se premiê da Espanha após moção de censura contra Rajoy

MADRI (Reuters) - O líder do Partido Socialista da Espanha, Pedro Sánchez, se tornou primeiro-ministro nesta sexta-feira depois de Mariano Rajoy, de centro-direita, ser destituído após a aprovação apertada de uma moção de censura deflagrada por um escândalo de corrupção.

A moção de censura, patrocinada por Sánchez, teve 180 votos favoráveis, 169 contrários e uma abstenção.

Sánchez deve assumir na segunda-feira e seu gabinete deve ser nomeado na semana que vem.

(Reportagem de Paul Day)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos