PUBLICIDADE
Topo

Presidente da Venezuela chama vice dos EUA de "víbora venenosa"

28/06/2018 07h42

CARACAS (Reuters) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chamou o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, de "víbora" e se comprometeu a frustrar o que descreveu como as tentativas de Washington de derrubar seu governo.

Pence, que chegou ao Equador na quarta-feira como parte de uma viagem oficial pela América do Sul iniciada pelo Brasil, está tentando aumentar a pressão regional sobre a Venezuela após a reeleição de Maduro em maio, em uma eleição que os Estados Unidos consideraram irregular.

"Toda vez que a víbora venenosa Mike Pence abre a boca, eu me sinto mais forte", disse o líder socialista em discurso televisionado. "Nós vamos derrotá-lo onde quer que você esteja".

Maduro insiste que os Estados Unidos estão tentando derrubar seu governo para se apoderarem da riqueza mineral e do petróleo do país, e acusa Washington de liderar uma "guerra econômica" contra a Venezuela.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem imposto sanções econômicas contra Maduro e membros de seu gabinete por acusações de que estão comprometendo a democracia e violando direitos humanos no país.

(Reportagem de Fabian Andres Cambero)