PUBLICIDADE
Topo

Embaixadores se juntam à marcha de Uganda para protestar contra violência contra as mulheres

30/06/2018 16h44

KAMPALA (Reuters) - Embaixadores dos Estados Unidos e da França se juntaram a dezenas de manifestantes na capital de Uganda no sábado para protestar contra o que eles dizem ser o aumento da violência contra as mulheres, incluindo assassinato, estupro e sequestros por resgate.

Uma enxurrada de assassinatos e sequestros não resolvidos corroeu a confiança da população nas forças de segurança.

O fracasso da polícia em emitir um relatório criminal anual desde 2013 alimentou suspeitas de que eles estão tentando esconder a dimensão do problema.

(Por Elias Biryabarema)