PUBLICIDADE
Topo

Ativistas russos são detidos após protesto do lado de fora de estádio de São Petersburgo

03/07/2018 19h26

SÃO PETERSBURGO (Reuters) - Uma ativista adolescente russa está entre quatro pessoas detidas após ter realizado um protesto do lado de fora do estádio da Copa do Mundo em São Petersburgo nesta terça-feira, deitando no chão em uma camiseta ensanguentada no que disse ter sido uma tentativa de chamar atenção para os problemas do país.

A Rússia prometeu sediar uma Copa do Mundo segura, fazendo um esforço para mostrar sua melhor postura para sediar o maior torneio de futebol do mundo.

“Nós queríamos chamar atenção ao fato de que não importa o que você mostra aos estrangeiros, as coisas por dentro não são tão boas e bonitas”, disse Lika Petrovskaya, de 16 anos, à Reuters.

“Não importa as coisas bonitas que são mostradas, as pessoas na Rússia ainda estão sofrendo.”

A OVD-Info, uma organização de direitos humanos que monitora detenções, disse que três outros ativistas, incluindo dois menores, foram detidos junto a Petrovskaya do lado de fora do estádio.

O escritório local do Ministério do Interior não pôde ser imediatamente contatado.

(Reportagem de Anton Vaganov e Gabrielle Tétrault-Farber)