PUBLICIDADE
Topo

Bisavó procurou afastar fogo que a matou e também a duas crianças

29/07/2018 16h57

Por Alexandria Sage

REDDING, CALIFÓRNIA (Reuters) - Um incêndio violento no norte da Califórnia que devorou ​​bairros inteiros matou duas crianças e sua bisavó, que as cobriu com um cobertor molhado em um esforço inútil para salvá-las, disseram autoridades e familiares.

Dois bombeiros também morreram e outras 12 pessoas estão desaparecidas. Mais de 38 mil pessoas permaneceram sob ordens de evacuação no domingo e em torno da cidade de Redding, a cerca de 257 quilômetros ao norte da capital, Sacramento.

O Carr, que destruiu mais de 500 edifícios, é o mais mortífero e destrutivo dos quase 90 incêndios florestais que queimaram do Texas ao Oregon. O fogo carbonizou 89.194 acres (36.095 hectares) de vegetação seca desde que eclodiu, na última segunda-feira.

O sargento da polícia de Redding, Todd Cogle, confirmou que os três corpos descobertos em uma casa devastada por incêndios nos arredores de Redding eram duas crianças e sua bisavó.

As vítimas identificadas por parentes no Facebook e nos noticiários da imprensa foram James Roberts, 5, sua irmã Emily, 4, e sua bisavó, Melody Bledsoe, 70 anos.

A neta de Bledsoe, Amanda Woodley, disse no Facebook que a mulher idosa desesperadamente colocou um cobertor molhado sobre as crianças enquanto a casa delas queimava.